Declaração De Independência - Significado e Enciclopédia

Declaração De Independência Significado

Lista de significados e derivados de Declaração De Independência:

Declaração de independência

Usualmente, uma declaração de independência é a assinatura de documento prestando explicações a um todo da interrupção do elo que mantinham unidos as partes.

Declaração de Independência da Lituânia

A Declaração de Independência da Lituânia (em lituano: Lietuvos Nepriklausomybės Aktas) ou Declaração de 16 de Fevereiro foi assinada pelo Conselho da Lituânia em 16 de fevereiro de 1918, proclamando a restauração de um Estado independente da Lituânia, governado por princípios democráticos, com Vilnius como sua capital.

Declaração da Independência dos Estados Unidos

A Declaração da Independência dos Estados Unidos da América foi o documento no qual as Treze Colônias na América do Norte declararam sua independência da Grã-Bretanha, bem como justificativas para o ato.

Declaração de independência da Finlândia

A declaração de independência da Finlândia (finlandês: Suomen itsenäistyminen) foi adotada pelo parlamento da Finlândia em 6 de dezembro de 1917. Através dela, a Finlândia deixou de ser um grão-ducado ligado ao Império Russo, e tornou-se um estado-nação soberano e independente, a principio, porém por um curto tempo, uma monarquia e, posteriormente, uma república.

Declaração de Independência da Albânia

A Declaração de Independência da Albânia (em albanês: Shpallja e Pavarësisë, ou Deklarata e Pavarësisë) é um dos momentos mais importantes da história da Albânia.

Declaração de independência de Azawad

A declaração de independência de Azawad foi a declaração de independência feita pelo Movimento de Libertação Nacional de Azawad da República do Mali, para a criação do Estado Independente de Azawad em 6 de abril de 2012, na sequência de uma rebelião que foi precedida por uma série de outras rebeliões tuaregues.

Declaração de Independência do Estado de Israel

A Declaração de Independência do Estado de Israel foi assinada às 16 horas do dia 14 de maio de 1948, no salão do antigo Museu Nacional de Tel Aviv (atual Museu da Independência) algumas horas antes do término do mandato britânico sobre a Palestina.

Declaração de Independência da Estônia

A Declaração de Independência da Estônia, também conhecida como Manifesto ao Povo da Estônia (em estoniano: Manifest Eestimaa rahwastele), é o ato de criação da República da Estônia a partir de 1918. O Dia Nacional ou Dia da Independência da Estônia é comemorado em 24 de fevereiro.

Declaração de Independência da Palestina

A Declaração de Independência Palestina foi escrita pelo poeta palestino Mahmoud Darwish e proclamada por Yasser Arafat, líder da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), em 15 de novembro de 1988 em Argel.

Declaração de Independência da República da Crimeia

A Declaração de Independência da República da Crimeia é uma resolução conjunta adotada em 11 de março de 2014 pelo Conselho Supremo da Crimeia e pelo Conselho Municipal de Sebastopol no qual eles expressam sua intenção de declararem independentes da Ucrânia, após a realização do referendo de 16 de março do mesmo ano.

Independência do Kosovo

A Declaração de Independência do Kosovo de 2008 foi um ato das Instituições Provisórias do Governo Autônomo da Assembleia do Kosovo adotado em 17 de fevereiro de 2008, que declarou o Kosovo como um país independente da Sérvia.

Declaração de Independência da Irlanda

A Declaração de Independência (em gaélico: "Forógra na Saoirse", em francês: "Déclaration d'Indépendance", em inglês: "Irish Declaration of Independence") foi o documento adotado pela An Chéad Dáil, o primeiro parlamento da auto-proclamada República da Irlanda que proclamava a independência plena e completa da Irlanda, que era na época parte do Reino Unido.

Declaração de Independência da República Turca de Chipre do Norte

A declaração de independência da República Turca de Chipre do Norte foi a declaração unilateral de independência de Chipre do Norte da República de Chipre pelo parlamento turco-cipriota em 15 de Novembro de 1983.

Guerra da Independência da Argentina

Denomina-se Guerra de Independência da Argentina ou das Províncias Unidas do Rio da Prata ao conjunto de combates e campanhas ocorridos durante as guerras de independência hispano-americanas que ocorreram em diversos países da América do Sul, dos quais participaram as forças militares das Províncias Unidas do Rio da Prata, um Estado que sucedeu ao Vice-Reino do Rio da Prata e que antecedeu a República Argentina.

Outros significados interessantes

Arenoso,Lequio Tanaro,Modelagem,EDVAC,Stirlingshire,Henri Kontinen,Lentes de contato,Krasnodar,Dinucleótido de flavina adenina,Angelologia,Caso alativo,Ingegerda da Noruega,Artéria gastro omental direita,Língua mon,Transfiguração de Jesus,Livro de Neemias,Instituto de Pesquisas e Estudos Sociais,Griot,Yamaha,Instituto de Filosofia e Ciências Sociais,Sinônimo,Veículos,Sextante,Bundestag,Teoria do Consumidor,Anglesey,Genética de populações,Antiagregante plaquetar,Mar de Java,Josh Homme