Manifestação - Significado e Enciclopédia

Manifestação Significado

Lista de significados e derivados de Manifestação:

Manifestação

Manifestação é quando um grupo de pessoas se unem com o intuito de reivindicar algo relacionado ao governo.

Manifestação pela independência da Catalunha em 2012

A Manifestação pela independência da Catalunha foi uma manifestação que ocorreu no centro de Barcelona, no dia 11 de setembro de 2012 durante o Dia Nacional da Catalunha.

Manifestação de 6 de Junho de 1975

A Manifestação de 6 de Junho de 1975, ou simplesmente o 6 de Junho, foi uma manifestação organizada pela lavoura micaelense, em Ponta Delgada.

Câncer

Câncer (português brasileiro) ou cancro (português europeu) é um grupo de doenças que envolvem o crescimento celular anormal, com potencial para invadir e espalhar-se para outras partes do corpo, além do local original.

Manifestação de Deus

A Fé Bahá'í refere-se aos que são normalmente chamados de profetas como Manifestantes de Deus, ou simplesmente Manifestantes (mazhar) que está diretamente relacionado ao conceito de revelação progressiva.

Manifestação de 1 de outubro de 1975

A manifestação do 1 de outubro de 1975 foi o último aparecimento público do ditador Francisco Franco. A convocação, estimada numas 700.000 pessoas, (segundo TVE, 1.000.000) realizou-se na praça do Oriente de Madri, para demonstrar o apoio do povo espanhol a Franco e a seus ministros, que passavam uma época difícil devido às críticas recebidas por vários governos europeus e americanos (incluindo o retiro de várias representações diplomáticas) provocadas pela decisão do Governo de fuzilar a terroristas de ETA envolvidos no assassinato do presidente do Governo Carrero Blanco em 1973, pese a que numerosas organizações pediram que esta condenação não se levasse a cabo.

Manifestações contra o encontro da OMC em Seattle

As manifestações contra o encontro da OMC em Seattle, também conhecidas como batalha de Seattle ou N-30, foram manifestações ocorridas em 30 de novembro de 1999 contra a reunião da Organização Mundial do Comércio (OMC), em que entre 40 e 100 mil pessoas — entre as quais ecologistas, anarquistas, trabalhadores sindicalizados, estudantes, pacifistas e humanistas — mobilizaram-se por vários dias, sem declarar terem tido auxílio de qualquer esfera partidária de representação, nas ruas de Seattle até a queda da chamada "Rodada do Milênio".

Manifestações na Tailândia de 2009

Uma série de manifestações políticas ocorreram na Tailândia entre 26 março e 14 abril de 2009, em Bangkok e Pattaya, contra o governo de Abhisit Vejjajiva e a repressão militar que se seguiu.

Manifestações estudantis de 2012 no Quebec

As manifestações estudantis de 2012 no Quebec são diversos protestos organizados por agremiações estudantis no estado, contra uma proposta do primeiro-ministro do Quebec Jean Charest, para aumentar a anuidade das universidades de 2.168 para 3.793 dólares canadenses entre 2012 e 2017.

Protestos no Brasil em 2013

Os protestos no Brasil em 2013, também conhecidos como Manifestações dos 20 centavos, Manifestações de Junho ou Jornadas de Junho, foram várias manifestações populares por todo o país que inicialmente surgiram para contestar os aumentos nas tarifas de transporte público, principalmente nas principais capitais.

Protestos antigovernamentais no Brasil em 2015–2016

Os protestos no Brasil em 2015-2016 são manifestações populares que ocorreram em diversas regiões do Brasil tendo como principais objetivos protestar contra o Governo Dilma Rousseff e a corrupção.

Manifestações contra a reunião do G8 em Gênova

As manifestações contra a reunião do G8 em Gênova, também conhecidas como Batalha de Gênova, foram protestos organizados por movimentos antiglobalização, na cidade italiana de Gênova, entre 19 e 22 de julho de 2001, período em que lá acontecia a reunião do G8.

Manifestações das segundas-feiras

As «Montagsdemonstrationen» (ou manifestações das segundas-feiras) foram um elemento essencial da queda da República Democrática da Alemanha no outono de 1989. Tratou-se de manifestações em massa que tiveram início em Leipzig às segundas-feiras à tarde e se propagaram a todas as cidades da RDA.

História da arte ocidental

A história da arte ocidental diz respeito ao estudo, registro e discussão do desenvolvimento da arte em sua manifestação na evolução da sociedade ocidental.

Outros significados interessantes

Hegelianismo,Jacobita,Volume,Radiação síncrotron,Sigmund Freud#Disc.C3.ADpulos de Freud,Raio atômico,Língua húngara,Papiros de Oxirrinco,Estireno,Arte da Mesopotâmia,Língua venda,Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos,Maoris,Região Metropolitana de Cairo,Século XVII,Sistema de referência,Mar Mediterrâneo,Carlos III de França,Vladimir Lenin,Interferência na fotografia,Poaceae,Cortiça,28 de setembro,Década de 1620,Fotografia,República Democrática Federativa Transcaucasiana,Perseguição,Ciclo econômico,Tondela,Dow Jones